Diário de Criação #3

Fala, família Pahca Games! Como vocês estão?

Nós estamos muito felizes em trazer mais notícias sobre a criação da função Maquinista. Desta vez, mais focada naquele interessados em saber como é o "bastidor" da criação de um personagem autoral. Se liga nisso!


Com a palavra, o ilustrador

Andrés Bazán é o cara por detrás das ilustrações das funções do livro do Célula Selvagem. Seu talento e competência o colocam no top 3 do nosso coração! (junto com Kauê Daiprai e Maurício Mota!)



Este é o rascunho 2D com proposta de pose final do personagem, mas foi feito digitalmente com ferramentas de desenho. O Maquinista, de forma gráfica, não era tão simples de se criar por conta de seu exoesqueleto articulado e isso era uma questão problemática na hora de escolher a pose final do personagem. Assim, Andrés expandiu a potência da ilustração e começou a fazer a função em modelagem 3D, para se obter uma melhor manipulação do corpo do personagem interagindo com o exoesqueleto! Não é demais?


É possível perceber que a pose escolhida para ilustrar a função é convidativa, mas imponente. Um equilíbrio entre força e agilidade, poder e pudor.


Um pouco do processo




E aí, está ansioso para ver onde o Maquinista vai chegar?? Nós estamos loucos para te mostrar! Comente aqui embaixo o que está achando e compartilhe com a galera!




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo